sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Dia Nacional do livro

Você sabe por que o dia 29 de Outubro é o Dia Nacional do Livro? Não? Então vou te contar: por que foi nesse dia, em 1810, que a Real Biblioteca Portuguesa foi transferida para o Brasil, quando então foi fundada a Biblioteca Nacional, portanto esta foi a data escolhida para o DIA NACIONAL DO LIVRO.

Nessa época o Brasil passou a editar livros, a partir de 1808, quando D. João VI fundou a Imprensa Régia e o primeiro livro editado foi "MARÍLIA DE DIRCEU", do autor Tomás Antônio Gonzaga.

Comemore, presenteie, leia, curta o dia ao máximo, afinal, essa data é feita para nós, leitores, que sabemos desfrutar do prazer de uma boa leitura.



quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Aliterações...


Sinto uma sensação
Subir suave, sutil

Sempre sem nexo
Sem sentido

Ânsia sensorial
Simplesmente o sentir



Até a próxima....

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Meu pequeno grande cavaleiro...

Esse é o link para um vídeo da apresentação realizada por alunos do 1B e 1C da escola municipal Prof. Guilherme P. Contesini durante a sua II Feira Cultural...Fui eu mesma que filmei, a qualidade não é muito boa e estou mexendo tanto porque, além da emoção de assistir o meu filhote, não parava de passar gente em frente à camera, o que me obrigou a desviar... ainda tem uma cabeça que aparece no meio, mas é assim mesmo!
O cavaleiro que salva a princesa adormecida pela bruxa é o meu Cainã... ao som de "A linda rosa juvenil" ele fez tudo direitinho e eu não aguentei... pra variar acabei com os olhos cheios de lágrimas e, como ele mesmo disse, paguei mico outra vez!(rs)
Adoro essas apresentações na escola! Manifestação e cultivo da cultura em nossas crianças.
As fotos são de momentos do evento, que contou com a apresentação da Orquestra Musical Arte e com uma exposição dos trabalhos produzidos pelos próprios alunos.

Até a próxima...

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Arte e manifestação


É incrível o poder da arte! Ela realmente contagia... é claro que talento e vocação são muito importantes, mas qualquer um pode fazer arte! Quanto mais contato se tem com o mundo artístico mais artista a gente se sente e a as consequencias desse fato podem ser deliciosas!!!
É por isso que digo que na vida a arte é necessária... para mim é, porém eu não me considero nenhuma artista, apenas aprecio e arrisco um pouco. Não sou pintora, mas pinto, não sou escritora, mas escrevo, não sou poeta, mas poetizo e, ao mesmo tempo que não sou, me torno, me faço, me crio artista.
A arte, para mim, é assim... sem compromisso, sem obrigações, sem amarras. Ela simplesmente se manifesta!
Até a apróxima...

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Pequena crítica social

Liberdade, utopia imaginária
Politicagem, manipulação
Disso sim, está cheio o cidadão...

Até a próxima.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

O (meu) Capital...

Pôxa... nem acredito! Em fim o sufoco está passando e a época das "vacas magras" parece estar chegando ao fim. Incessante percurso de manobras e desvios, driblando um banco aqui, outra conta alí e na cabeça sempre a incomoda pergunta: será que esse mês a grana vai dar?
Agora vamos poder viver sem as preocupações com dívidas e empréstimos no banco. É tão boa a sensação de missão cumprida. O mais maravilhoso é que tudo foi acontecendo na hora certa e isso é mais uma prova de que o Universo conspira a nosso favor... a lei da atração exerce sim sua força sobre o mundo. É bem verdade que houve momentos em que foi preciso respirar fundo e fazer força para seguir acreditando... chorei muito... me (pré)ocupei muito com o sistema...
Mas agora chegamos ao ponto de equilíbrio e é preciso sabedoria justamente nos melhores momentos, na hora em que estamos bem, pois manter o equilíbrio é tão ou mais difícil que alcançá-lo. Ainda mais se tratando de capital... não sou boa para o acúmulo de capital, mas preciso saber administrá-lo, afinal ainda "dependo" desse sistema capitalista, embora não acredite nele.
É isso... mais uma etapa vencida e vamos em frente que atrás vem gente para seguir conosco!
Até a próxima.

O cego e a guitarra

(698)

O ruído vário da rua
Passa alto por mim que sigo.
Vejo: cada coisa é sua
Oiço: cada som é consigo.

Sou como a praia a que invade
Um mar que torna a descer.
Ah, nisto tudo a verdade
É só eu ter que morrer.

Depois de eu cessar, o ruído.
Não, não ajusto nada
Ao meu conceito perdido
Como uma flor na estrada.

(699)

Cheguei à janela
Porque ouvi cantar.
É um cego e a guitarra
Que estão a chorar.

Ambos fazem pena,
São uma coisa só
Que anda pelo mundo
A fazer ter dó.

Eu também sou um cego
Cantando na estrada,
A estrada é maior
E não peço nada.

Fernando Pessoa

Até a próxima...

terça-feira, 19 de outubro de 2010

A descoberta de Helga

Navegando sem rumo encontra-se as mais inusitadas surpresas...
Nos mares da web, encontrei mais uma poetisa...
Até a próxima...
Yuri

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Minhas persepções...

Dia frio, cai uma chuva fina que, delicadamente, rega as flores do meu jardim...
Céu nublado, pintado de cinza e pincelado pelo Sol, ilustra minha janela...
A natureza, pássaros cantando melodias sutis, envolvem meu momento...
Pensar, escrevo palavras que voam em em minha mente e revelam meu estar...

Até a próxima...
Yuri

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Dia dos Professores

Ontem fui assistir à palestra de Pedro Bandeira, ele começou falando sobre a história da educação e da importância que ela tinha (ou melhor, não tinha) na sociedade. Só recebia educação aquele que fazia parte da elite, da nobreza... Mais tarde a educação foi posta como necessária para aqueles que deveriam seguir a palavra de Deus... ou seja, era preciso saber ler para interpretar a bíblia (isso na Europa e EUA, aqui nada de pitibiriba!) nas colônias os escravos e servos não precisariam saber ler pois bastava a interpretação feita pelos padres da época.
Pois é... desde sempre nós fomos podados à educação, não é interessante governar para um povo que sabe reivindicar por seus direitos, portanto quanto mais leigo ele for, mais fácil será manipulá-lo!
Na verdade o que acontece é que não podemos construir um país forte e independente se seu povo não sabe ler nem escrever direito!!! Pedro Bandeira citou dados estatísticos assustadores sobre nosso Brasil... você sabia que numa pesquisa para avaliar a capacidade de interpretação textual, realizada com alunos do primeiro ano do Ensino Médio, nós ficamos em último lugar... atrás do México, Equador entre outros? O resultado da pesquisa constatou uma dura realidade para o brasileiro: nós somos péssimos leitores! E isso se deve a um histórico de negligência educacional.
Antigamente o professor era muito admirado, reconhecido e valorizado... o salário de um professor equivalia ao salário de um juiz de direito (igualzinho hoje, rs), atualmente nossos salário são de miséria enquanto os juízes têm seus salário cada vez mais robustos...
Nos EUA e países desenvolvidos, somente os melhores alunos têm o privilégio de lecionar... somente os melhores podem ensinar, enquanto aqui, um profissional que não consegue emprego na sua área, pode resolver "virar" professor (por falta de opção), ou seja, "qualquer um" pode ser professor...
Mas ser professor é, acima de tudo, ter a chance de fazer diferença na vida de um aluno... é abrir as portas do desconhecido e apresentar um mundo de possibilidades, expandir horizontes antes limitados...apesar dos pesares amo o que faço e sei que a minha dedicação é importante e é por isso que, mesmo com todas as dificuldades e pedras pelo caminho, eu afirmo que "um outro mundo é possível" e o primeiro passo dessa jornada começa na escola e eu tenho muito orgulho de se semeadora e cultivadora dessa semente... um dia colheremos bons frutos e poderemos olhar para trás e dizer: " que bom que acreditamos e não desistimos!!!"
Lecionar é uma missão que tem que ser cumprida com muito amor, independente de salário baixo, de ter reconheciento... porque a criança que precisa do professor não tem culpa de nada disso.
Pedro Bandeira fez ainda uma comparação extremamente interessante entre o trabalho de um professor e o trabalho de um médico. O paciente que precisa de um médico é justamente aquele que está doente e precisa de cuidados ... assim como o aluno que precisa do professor é aquele que tem dificuldades em entender, aprender e, portanto, precisa de mais atenção. Infelizmente assim como a saúde pública não está preocupada com os pacientes doentes, a educação pública também não está preocupada com os alunos que têm dificuldades de aprendizado... então, cabe aos médicos e aos professores salvarem o futuro do nosso país... pois nem tudo está perdido. Estamos caminhando rumo a um futuro melhor, não podemos desistir, temos que cultivar a leitura, a pesquisa e incentivar nossas crianças a explorarem o mundo do conhecimento; vamos mostrar à elas como é empolgante o conhecimento ... "hasta la victoria siempre!"
Parabéns para nós!!!

Até a próxima...
Yuri

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Pena que já acabou...

Voltei!!! E voltei querendo ficar, mas cheguei renovada! Após uma longa temporada sem salgar o bumbum no mar eu me esbaldei na praia de Fortaleza em Ubatuba! Foram quatro dias deliciosos, apesar de ter feito um friozinho, deu para curtir bastante a água, a natureza, o céu, as aves...
Foi tudo muito bom, o último dia então... foi um presente! Calor e Sol forte que faltaram nos outros três dias, vieram com toda a força nessa terça! Pena que a maré subiu muito e muito rápido, o que nos fez partir em retirada antes da hora prevista... mas foi bom porque tanto na ida como na volta não pegamos engarrafamentos e o transito estava fluindo bem!
Tudo perfeito! Pena que tenho que voltar à realidade... contas à pagar, bancos, burocracia... mas tudo passa, tudo passará!
Até a próxima...
Yuri

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Vamos a la playa Ô,Ô,Ô,Ô,Ô...

Até a volta...
Yuri

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Bolhas de sabão...

Num desses finais de semana, resolvemos sair para andar pelo centro da cidade... o Vini aproveitou para procurar a memória do computador (que melhorou bastante o seu desempenho depois da troca!) e o Cainã, como de costume, nos pediu para passar na banca de revistas para comprarmos uma "coisinha" para ele... geralmente ele acaba escolhendo uma revista Recreio e fica todo feliz com os bonecos da coleção, mas dessa vez foi diferente. Olhou, olhou, pegou uma, depois outra revista... até que veio com uma, e disse que a escolheu porque estava com vontade de fazer bolhas de sabão (junto com a revistinha, vinha um daqueles potinhos com líquido para fazer bolhas de sabão) e eu achei muito legal ideia de sairmos espalhando bolhas por todos os lados e ele mais ainda!!! Então pusemos a ideia em prática e alegramos um pouco o centro de Atibaia...


Até a próxima...

Yuri

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

A lição do bambu chinês

Depois de plantada a semente deste incrível arbusto, não se vê nada, por aproximadamente 5 anos exceto lento desabrochar de um diminuto broto, a partir do bulbo.
Durante 5 anos , todo o crescimento é subterrâneo, invisível a olho nu, mas...
Uma maciça e fibrosa estrutura de raiz, que se estende vertical e horizontalmente pela terra está sendo construída.
Então, no final do 5º ano, o bambu chinês, cresce até atingir a altura de 25 metros.

Muitas coisas na vida pessoal e profissional são iguais ao bambu chinês. Você trabalha, investe tempo, esforço, faz tudo o que pode para nutrir seu crescimento, e, às vezes não vê nada por semanas, meses, ou anos.
Mas se tiver paciência para continuar trabalhando, persistindo e nutrindo, o seu 5º ano chegará, e, com ele, virão um crescimento e mudanças que você jamais esperava...
O bambu chinês nos ensina que não devemos facilmente desistir de nossos projetos, de nossos sonhos...
Em nosso trabalho, especialmente, que é um projeto fabuloso que envolve mudanças...
De comportamento, de pensamento, de cultura e de sensibilização.
Para ações devemos sempre lembrar do bambu chinês, para não desistirmos facilmente diante das dificuldades que surgirão.
Tenha sempre três hábitos:
Persistência, paciência e fé, porque todos merecem alcançar os seus sonhos!!!
É preciso muita fibra para chegar às alturas e, ao mesmo tempo, muita
Flexibilidade para se curvar até o chão.
Pense nisso! Até a próxima...
Yuri

Bolinhos da Batata

Hoje senti subtamente uma vontade de cozinhar... então tratei de procurar na internet uma receita que fosse fácil, rápida e gostosa ao mesmo tempo e, claro, feita com ingredientes que eu tenho em casa. Entrei no site do Mais Você da (minha ídola, rs) Ana Maria Braga e achei uma receita de bolinhos de batata que supriu a todas as minhas pré-exigências... huumm!!! Ficou uma delícia!!!
Faltou um pouco de sal, pois eu não tinha queijo ralado e acabei errando com medo de deixar salgado, mas é melhor errar para menos do que para mais, pelo menos no caso do sal!
Só pensei em tirar fotos quando já estava terminando de fritar.
Eu fiz metade dessa receita...

Ingredientes:
1 quilo de batatas
2 ovos
2 colheres de amido de milho
1 xícara de farinha de trigo
2 colheres de queijo parmesão ralado
salsinha e cebolinha picadas a gosto
1 pitada de sal
óleo para fritar

Modo de Preparo
Rale as batatas no ralo fino. Depois passe numa peneira
para retirar o excesso de água. Junte os demais ingredientes e prove o sal (essa parte eu esqueci de fazer!rs). Aqueça o óleo em ponto de fritura, faça bolinhas com acolher e frite até ficarem douradinhos. Escorra em papel toalha e saborei-os ainda quentes. É uma delícia. Se quiser pode acrescentar bacon fritinho, fica muito bom!

Pulo do Gato
:
Experimente acompanhado por um cafezinho bem quente...
Bom apetite e até a próxima!
Yuri

Faça aqui sua pesquisa

Minha foto
♣Tânia Yuri ♣
Atibaia, São Paulo, Brazil
❤ Mãe, filha, amiga, professora... ♀ MULHER ♀
Visualizar meu perfil completo