sábado, 31 de dezembro de 2016

Tchau 2016!

Um cheiro fresco das plantas e ervas ainda úmidas de orvalho, um canto tímido de pássaros ao fundo... Calma e tranquilidade. Começa o último dia do ano. 

2016 foi um ano conturbado, cansativo e, por vezes, até decepcionante. Mas também foi um ano de luta, superação e... fé. Fé no sentido de que foi e está sendo necessário acreditar mais do que nunca no bem, no amor, na espiritualidade. Muitas foram as provas de que a humanidade parece estar perdida. 

Aqui no Brasil nos sentimos de mãos atadas perante tanta corrupção, roubalheira. Uma mídia manipuladora e um povo que esperneia, mas também não sabe o que quer. E a gente vai tentando nadar para não se afogar, sabendo que, se não morrer, ainda vai ter que matar o leão que nos espera à beira mar. E matando um leão por dia a gente segue a vida. No mundo todo, todo mundo está assim... perdido. 

A humanidade precisa se encontrar. O ser humano precisa se autoconhecer (Autoconhecimento: conhecimento de si mesmo, das próprias características, sentimentos, inclinações etc.).

Resiliência é a minha palavra para 2017. Espero que, mais do que nunca, tenhamos resiliência para enfrentarmos as intempéries que por ventura atravessem nosso caminho. Que exista mais bondade, mais amor e mais espiritualidade. Que a disciplina esteja a nosso favor e que a gente continue acreditando na mudança começando por nós mesmos. Que façamos um ano por e para nós mesmos. 

Não dependa dos outros para nada. Faça mais por você. 

Feliz 2017!!!

Até. 

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Manifesto

Não gostei, não considero certo, mesmo assim não disse nada por não estar diretamente envolvida e blá, blá, blá...  mas não quero mais saber e não me importo mais com o que vão pensar. 
Tem gente que acha que é muito inteligente, muito "gente boa", que faz isso e aquilo, mas na verdade são mesmo uns grandessíssimos BOSTAS! Vivem num mundinho pequeno e acham que são globalizados e hitecs, se mostram ativistas sociais e o caralho a quatro, quando na realidade são tão mesquinhos e capitalistas que mal enxergam a verdade por trás de seus atos. 
Já não foi a primeira mancada, nem a primeira vez que distorcem uma história, mas tudo bem, o ser humano pode ser idiota assim às vezes.
Saibam que no fundo vocês nunca me enganaram... eu até quis gostar de vocês, mas sempre soube que poderia ser apenas uma bobagem. Tem gente legal de verdade que gosta de vocês (e isso é uma pena para eles!), mas eu não. Estou aqui para dizer que vocês estão muito errados na sua postura diante do problema, pois vocês são tão culpados quanto quem vocês estão acusando... 
E por falar em aCUsações, antes que eu me esqueça: vocês são muito CUZÕES!

Até a próxima!

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Começar...

Nossa! Já é dia 22 de Janeiro... e 2016 já avança a passos largos! Um ano de muitas promessas (pelo menos para mim fiz várias!)
Quero iniciar uma dieta mais saudável e equilibrada (para mim e minha família), quero um corpo mais resistente e saudável, consequentemente, mais bonito também! Aprofundar meus estudos de yoga e meditação e todos esses desejos estão interligados.
Além disso, quero aperfeiçoar a arte de ensinar e educar meu filho e meus alunos, quero conquistá-los, cativá-los cada vez mais e, através do conhecimento levá-los expandir seus horizontes! Sei que pode parecer clichê, mas fazer o que se meus quereres são relativamente comuns? 
Querer é o primeiros de muitos passos rumo à realização... e estou confiante de que, além de querer, eu posso alcançar cada um dos quereres que listei.
Eu já comecei... e você?

Até a próxima!

terça-feira, 31 de março de 2015

(◣_◢)

E o Governo do Estado de São Paulo me prega mais uma peça... 
Eis que todo professor da rede pública de ensino, de todas as categorias, que tenha trabalhado o mínimo de dias em 2014, tem direito a receber um bônus, proporcional e de acordo com o índice  de desempenho atingido pela unidade ou unidades de ensino onde tenha ministrado aulas no respectivo ano. Eu, como professora da rede pública, esperava receber o tal bônus, e tive uma má surpresa quando descobri que, por ironia do destino, não tenho direito a recebê-lo... 
Mas o pior de tudo é o motivo pelo qual não tenho direito ao bônus: mudei de categoria em junho (de O para efetiva) e, portanto, eu, que trabalhei o ano passado inteiro, do primeiro ao último dia como professora no Estado, não tenho o direito de receber o bônus por não ter permanecido um período mínimo em uma única categoria. Isso é um absurdo, se pensarmos que todas as categorias têm direito de receber esse bônus, que diferença faz eu pertencer a uma ou outra categoria? Não entendo a lógica desse Governo... ou melhor entendo sim...

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

2015!


sexta-feira, 18 de abril de 2014

!


domingo, 12 de janeiro de 2014

O primeiro evento do ano

É... o ano começou cheio de promessas e oportunidades... trabalhar em um evento na primeira semana produtiva do ano, me deixou ainda mais animada para seguir com gás total! Adoro trabalhar nesses eventos... sempre conheço gente interessante, pessoas que me fazem lamentar um pouco o término do trabalho porque vivemos uma semana tão intensa que, quem nos era desconhecido na segunda-feira, quando chega sexta já se transformou em amigo. É cansativo e, alguns momentos chegam a ser estressantes, mas as risadas, o companheirismo e a amizade sempre se sobrepõem ao stress.
Eu só tenho a agradecer às meninas (Simone e Nathália) que conheci e à toda a equipe da Privia, com quem trabalhei....  um agradecimento especial ao Denis, que foi quem tornou possível, mais uma vez, essa experiência. Aprendi muito e sei que também ensinei um pouco. Tomara que surjam mais trabalhos como este e que eu possa ter a oportunidade de conhecer pessoas tão especiais quanto as que conheci nesse evento. 
Agradecida!!!
Até a próxima!

Faça aqui sua pesquisa

Minha foto
♣Tânia Yuri ♣
Atibaia, São Paulo, Brazil
❤ Mãe, filha, amiga, professora... ♀ MULHER ♀
Visualizar meu perfil completo