segunda-feira, 25 de abril de 2011

Mudar...

Minha vida como fumante começou cedo. Aos 16 anos comecei a fumar, quando ainda estava no ensino médio... desde lá (1995) , fiz uma pausa de 2003 a 2005, período em que estive grávida e amamentando, mas logo depois do primeiro trago voltei a fumar. Estou hoje com 29 aos. Se fumo desde os 16, salvo os dois anos em que fiz uma pausa, são praticamente 13 anos fumando!!! Não quero continuar a minha história como fumante... por isso há algum tempo eu decidi que pararia de fumar, mas essa não é uma tarefa fácil, ainda mais quando outros fumantes fazem parte da sua vida, porque tem-se contato contínuo com o cigarro, o que torna ainda mais desafiador não fumar.
Então, há mais ou menos 20 dias o Vini iniciou a empreitada de NÃO AO CIGARRO e eu topei o desafio junto com ele. Desde 08 de abril estamos sem fumar. Já na primeira semana comecei a sentir os efeitos da desintoxicação... muito pigarro, catarro, nariz entupido de caca. Acontece uma limpeza realmente, até meu intestino começou a funcionar mais de uma vez ao dia, o que para mim não é comum.
Na segunda semana eu senti mais vontade de fumar, mas continuei forte no propósito. Hoje, 18 dias após, eu me orgulho por estarmos, Vini e eu, resistindo ao vício. Nos vejo melhores agora, sem aquele cheiro de cigarro empregnado nas roupas e cabelos, sem ter que sair para fumar enquanto os amigos estão dentro do bar conversando, sem hálito de cinzeiro... estamos realmente melhores agora. Ainda sinto muita vontade de fumar depois de tomar um cafezinho, ou mesmo após as refeições, mas os resultados que tenho sentido me fortalecem e assim vou seguindo firme no propósito de manter-me longe do cigarro.
Estou aqui registrando esse acontecimento pois o considero um marco em minha vida. Quero a partir dessa atitude, mudar muitas outras coisas no meu dia a dia e me tornar uma pessoa cada vez melhor. Os próximos passos são: fazer mais atividades físicas, caminhar, fazer exercícios localizados, tornar a alimentação mais saudável, meditar... Quero mais vida e espero que esse texto sirva também de incentivo para os que fumam e querem parar. Mudar nem sempre é facil, mas muitas vezes é necessário. Eu estou resistindo ao meu vício e você também pode!
Até a próxima!

2 comentários:

Clara Lua disse...

Issoo aeeee, também fumei até saber que estava gravida, desde então tive uma aversão ao cigarro, mas depois que gael nascu, já tive algumas vezes vontade de fumar , argh ! coisa mais insensata, te deixa com mau halito, mau cheiro, não tem gosto bom, e no entanto é tão gostoso, mas é isso ai, to com vc e não abro, Moema uma amiga querida fumou durante 40 anos, dos 20 ao 60 e agora está a quatro anos sem fumar, ela é a nossa inspiração ! bjus ae e força pra vcs !! bjus

♣Tânia Yuri ♣ disse...

É, as vezes somoS insanaS o sufiente para fezermos o que sabemos ser errado ou prejudicial a nós mesmas... nós seres humanos somos estranhos! Que bom que a sensatez também bate em nossa porta de vez enquando! Firmes e fortes no propósito! NÂO AO CIGARRO!!!

Postar um comentário

Faça aqui sua pesquisa

Minha foto
♣Tânia Yuri ♣
Atibaia, São Paulo, Brazil
❤ Mãe, filha, amiga, professora... ♀ MULHER ♀
Visualizar meu perfil completo